Okinawa

Okinawa

Dificilmente associamos o Japão a praia, mas Okinawa é um arquipélago japonês com clima subtropical e praias paradisíacas! 

São 160 as ilhas que o compõem, cerca de 48 inabitadas. Algumas das mais interessantes/bonitas são as Kume Island, Miyako Islands e Yaeyama Islands. Da ilha principal, que também se chama Okinawa, podem voar ou apanhar um barco para as restantes ilhas.

Como chegar

Estando na “ilha principal” do Japão podem chegar a Okinawa por um voo doméstico com partida de Tóquio ou Osaca.

Nós fizemos um voo de 2h de Osaka para Naha, capital de Okinawa. No final da viagem voámos de Naha para Tóquio, de onde partia o voo de regresso a Portugal.


Deslocações

Para nos deslocarmos em Okinawa alugámos carro com GPS em inglês na Tabirai Okinawa Car Rental. 

O aluguer das 3 cadeirinhas para os miúdos foi gratuito. 

Conduzir pela ilha foi pacífico, as estradas estão todas em bom estado e não há muito trânsito, exceto no centro da capital. A condução é feita pela esquerda mas facilmente nos adaptámos. 

É necessário licença internacional de condução, tratámos da nossa no ACP

Onde ficar

Encontrámos muito pouca informação sobre Okinawa, mas percebemos que há uma zona com resorts mais afastada do aeroporto, a norte. Se procuram esse tipo de férias é por aí que têm de procurar.

No nosso caso, como pretendíamos alugar casa e não queríamos perder muito tempo em deslocações, ficámos num airBNB na zona de Nanjo, a 30 minutos de carro do aeroporto, no sul de Okinawa. 

O que visitar

Mibaru beach foi a praia onde passámos mais tempo por ser a mais próxima do nosso alojamento.

Estava sempre praticamente deserta, tinha um areal generoso e um mar quente e calmo, excelente para ir com crianças. A água transparente permite ver os cardumes aos nossos pés, mas têm a possibilidade de fazer um passeio nos barcos com fundo de vidro para observarem os peixes. 

Conhecemos outras praias, mas sempre nesta zona.

Não fomos ao Aquário Churaumi, a 2h da capital, mas parece-nos que merece uma visita.

No último dia aproveitámos para passear pela cidade de Naha, mais propriamente pela Kokusai-dori, uma rua cheia de lojas e com um mercado com boa comida. Despachámos as malas no check-in do aeroporto e fomos de monorail almoçar e passear por essa zona enquanto esperávamos pelo voo de regresso a Tóquio.

Neste site podem encontrar mais alguma informação sobre este arquipélago, inclusive sobre os horários das suas praias, estruturas de apoio, etc.

5emfuga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.