criança a nadar nas piscinas naturais de Tenerife

Tenerife é um destino muito interessante para visitar em famíliaÉ muitas vezes associado apenas às suas estâncias balneares e à grande animação noturna que por aí se vive, mas há muito mais para descobrir nesta ilha das Canárias.

Presenteia-nos com o El Teide, o terceiro maior vulcão ativo do mundo, que espreita majestoso em cada miradouro!

Possui imensos trilhos, muitos deles de dificuldade fácil, adequados para crianças. 

Está repleta de coloridas cidades coloniais, de diversos museus, de piscinas naturais vulcânicas. Além disso, tem ainda um dos melhores parques aquáticos da Europa e um borboletário com mais de 800 espécies, que esvoaçam livremente!

As inúmeras áreas recreativas nas zonas florestais da ilha são também perfeitas para quem vai com crianças, sobretudo se gostam de brincar em parques infantis no meio da natureza.

Como vêem, opções para entreter a pequenada não faltam! 

Reuni neste guia todas as informações essenciais para organizarem facilmente a vossa viagem a Tenerife.

Localização

Tenerife pertence a Espanha, mais concretamente ao arquipélago das Canárias, sendo a sua maior ilha.

Tem origem vulcânica e encontra-se relativamente próximo da Costa Oeste de África, o que justifica o seu clima ameno.

Fuso Horário

O fuso horário é igual ao de Portugal Continental, mais uma vantagem desta ilha!

Clima

Tenerife é referida inúmeras vezes como a ilha da eterna primavera. As temperaturas são efetivamente sempre amenas, com as mínimas a descerem apenas até aos 15º C no inverno.

Contudo, apesar do Sol brilhar muitos dias por ano, relembro que primavera não é verão! Assim sendo, não esperem um calor abrasador e água do mar com temperaturas muito elevadas durante o inverno. 

Há ainda algumas variações do clima de acordo com a zona da ilha. Geralmente o Sul é mais quente. Por sua vez, no Norte há neblina com mais frequência. Naturalmente que nas zonas mais altas a temperatura também é menor, como no pico do vulcão El Teide, a 3718 mt de altura, onde pode ocorrer queda de neve nos dias mais frios.

Consultem as webcams de Tenerife para verificarem como está o tempo em determinado local, em tempo real. É sempre uma boa ajuda para evitarem zonas que estejam com um clima desfavorável.

A nossa experiência 

Visitámos a ilha em fevereiro e apanhámos um pouco de tudo. Chuviscos, sol e neblina! Fizemos alguma praia e demos uns mergulhos no mar, mas a água estava fresca… Durante o dia andámos sempre de calções e manga curta, mas à noite ficava mais frio, sendo necessário uma camisola. 

De qualquer modo, estava bem mais agradável do que o nosso clima invernoso, soube muito bem!

Mirador San Pedro
Área recreativa

Quando ir

De acordo com o clima, Tenerife é então agradável para visitar em qualquer altura do ano, mas deixem-me dizer-vos que o Carnaval de Tenerife é provavelmente o evento festivo mais importante da ilha, sendo referenciado como um dos melhores do mundo. Celebra-se efusivamente durante mais de um mês!

Por isso, se têm espírito folião, apontem a vossa visita para essa altura. Pelo contrário, se preferem escapar a essas comemorações e só têm essa época para ir, não se preocupem, vão na mesma! Basta evitarem Santa Cruz de Tenerife, a capital. Há festejos noutros locais da ilha, mas é na capital que ocorrem com maior intensidade.

Como chegar

A melhor forma de se deslocarem de Portugal até Tenerife é de avião, num curto voo de aproximadamente 2h 30min. É ideal, portanto, para quem viaja com crianças!

A ilha tem dois aeroportos: Aeroporto de Tenerife Norte e Aeroporto de Tenerife Sul. No entanto, todos os voos diretos que vimos a partir de Portugal aterravam a sul, tendo sido essa a nossa porta de entrada na ilha.

Como sempre, pesquisámos primeiro os voos no Google Flights. Após compararmos preços, rotas e horários, reservámos diretamente com a companhia aérea.

Exemplo de algumas companhias áreas que voam para Tenerife

  • Ryanair – voos diretos para Tenerife Sul às sextas e domingos, apenas do Porto. Não tem partidas dos restantes aeroportos portugueses.
  • Iberia – viaja diariamente para Tenerife, mas não apresenta voos diretos. É necessária uma escala em Madrid, demorando, por isso, mais 3 ou 4 horas a chegar ao destino.
  • TAP – opera voos diários para Tenerife Sul. Esses voos são diretos se partirem de Lisboa. Contudo, se saírem do Porto, terão de fazer escala em Lisboa.

Moeda | ATM

A moeda local é o Euro. 

O pagamento com cartões de multibanco é amplamente utilizado, e há várias ATM espalhadas pela ilha. 

Documentos necessários

Para viajar para Tenerife os cidadãos portugueses precisam apenas de apresentar um documento de identificação, como o cartão de cidadão (ou passaporte). 

Eletricidade

As tomadas de eletricidade são iguais às de Portugal.

Quantos dias ir

Tenho sempre dificuldade em recomendar o número de dias para visitar determinado local, e acabo sempre por relembrar que isso depende muito do tipo de viagem que pretendem fazer.

No entanto, penso que menos do que 5 dias é pouco para visitarem Tenerife. Uma semana será o ideal!

Nós passámos uma semana na ilha e não visitámos tudo! Há bastante para explorar e também não andámos propriamente a correr de um lado para o outro. Andámos a um ritmo tranquilo, parando sem pressa em alguns parques infantis, ou um pouco na praia. 

Taganana
Parque Nacional del Teide

Deslocações

Há dois tipos de transportes públicos  que podem utilizar em Tenerife: o autocarro e o metro.

A rede de autocarros, os guaguas, é bastante ampla. Vimos vários, em todos os locais por onde passámos, mesmo em zonas mais isoladas e de difícil acesso.

Podem consultar os horários, preços e rotas dos autocarros no site oficial da Titsa.

Em relação ao metro, as opções são bem mais reduzidas. Existem apenas duas linhas, entre Santa Cruz de Tenerife, a capital, e a bonita San Cristóbal de La Laguna

Apesar da oferta de transportes públicos não parecer má, ter carro alugado dá sempre outra liberdade e comodidade.  Adicionalmente, o preço da gasolina em Tenerife é inferior ao de Portugal, portanto acaba por compensar.

Em suma, optámos por alugar carro para percorrer a ilha e sugerimos que façam o mesmo.

Alugar carro em Tenerife

Recomendamos a Rent a Car Cabrera Medina, identificada como CICAR no balcão do aeoporto. Não temos nada a apontar, pelo contrário.

Pesquisei várias empresas de aluguer de automóveis em Tenerife, e optei pela CICAR pelos seguintes motivos:

  • preço mais baixo;
  • extras gratuitos – cadeirinhas de bebé, assentos elevatórios, condutor adicional, seguro contra todos os riscos, e GPS, estão sempre incluídos no preço base do aluguer;
  • não exige franquia nem cartão de crédito;
  • é necessária apenas uma caução de 50€ para a gasolina, que é devolvida quando entregarem o carro; se não entregarem o carro com o depósito atestado, tal como o receberam, perdem essa caução;
  • o pagamento do aluguer (e dos 50€ da caução da gasolina) é efetuado somente no dia do levantamento da viatura, presencialmente.

Reservámos no site Cabrera Medina  e pagámos cerca de 27€ por dia pelo aluguer de um Peugeot 2008, com utilização de todas as opções “extra” referidas acima. 

estacionamento de carros de aluguer da cicar
Parque CICAR no aeroporto sul
Cadeiras-auto para uso gratuito

Onde ficar

Se vão a Tenerife sobretudo para fazer praia, e gostam de ter todas as comodidades à mão, então os alojamentos próximos das praias do Sul da ilha serão a melhor opção para vocês. Nessa zona há grande oferta de hotéis, restaurantes, centros comerciais, supermercados, e bastante animação noturna.

Se é isso que procuram, indico-vos estas zonas:

Para quem vai com o intuito de explorar a ilha, mas também quer ficar perto da praia e próximo da capital, aconselho Puerto de La Cruz. É uma zona turística, mas não tanto quanto o Sul.
 
Puerto de La Cruz tem imensas opções de alojamentos, com restaurantes e comércio sempre à mão. É sempre uma mais valia, sobretudo se viajam com crianças. 
 
Vão verificar que os preços por noite começam em valores bem mais simpáticos do que os de Portugal.
Dica: nas zonas mais turísticas pode haver dificuldade em estacionar quando regressam ao alojamento. Se pretendem alugar carro, tenham o cuidado de escolher um alojamento com estacionamento!

Caso prefiram zonas mais pacatas, mas igualmente bem localizadas, as povoações de La Orotava e Los Realejos são opções a terem em conta, uma vez que ficam a meia dúzia de km de Puerto de La Cruz. 

ruas com casas coloridas na colonial La Orotava
Rua em La Orotava
Alojamento onde ficámos, em Santa Úrsula

Onde ficámos

De acordo com o nosso gosto, e indo com o objetivo de passar o dia a percorrer a ilha, procurámos uma acomodação mais a norte, numa zona mais calma. Estávamos próximos de um acesso da auto estrada e de supermercados, o que era também nosso requisito. 

Ficámos então numa casa com dois quartos e um bonito jardim, a Live Santa Ursula Cala, na pacata localidade de Santa Úrsula. Tinha todas as condições pretendidas, portanto agradou-nos bastante. 

Pagámos menos de 100€ por noite, mas reparei que os preços flutuam muito de acordo com a altura da estadia. De qualquer das formas, ficam com a referência.

Comida

Guachinche, restaurante típico
Croquetas

São muitos os guachinches (restaurantes tradicionais) onde encontram boa comida a preços acessíveis, sobretudo no Norte da ilha. Admito que esse foi mais um motivo para escolhermos alojamento a Norte! 

Em Tenerife, e eventualmente em toda a Espanha, predomina a cultura das refeições com petiscos para partilhar. Nos menus dos guachinches apresentam-vos habitualmente preços para uma dose e para meia dose (media ración). Peçam várias meias doses e partilhem, é uma boa forma de provarem diferentes pratos numa só refeição.

A gastronomia não é tão rica como a nossa, mas tem vários pratos típicos. Alguns vão certamente fazer as delícias dos miúdos, como as Croquetas e os Huevos al Estampido. Falo-vos deles mais abaixo. 

A existência de vários supermercados em Tenerife, como o HiperDino, Mercadona, Spar, Aldi, Lidl, também é uma boa ajuda quando se viaja com crianças, principalmente se estas não se adaptam facilmente a sabores diferentes. 

Caso tenham cozinha no alojamento, podem adquirir alimentos para confecionar algumas refeições mais ao vosso gosto, para fazerem um piquenique, ou simplesmente para economizar nos gastos com a alimentação.

Sugestão: passem num dos supermercados para comprar pão, bolachas, fruta, etc, para os lanches. É importante terem snacks na mochila se pensam passar o dia a percorrer a ilha de carro, ou se vão para a praia. Nas grandes cidades têm centros comerciais com tudo, ou padarias, mas há zonas mais isoladas, onde não há onde comprar nada.  E quem tem miúdos já sabe que estão (quase) sempre com fome, mais vale irem prevenidos! 

Pratos típicos

Estes são alguns exemplos das iguarias e bebidas que podem provar em Tenerife:

  • Papas Arrugadas – batatas pequenas assadas com sal, muito idênticas em sabor às nossas batatas a murro.
  • Gofio – é uma farinha de cereais tostados, usada ao pequeno almoço misturada com leite, mas também é utilizada nos pratos principais e em sobremesas, como gelados ou mousses.
  • Garbanzas canárias ou garbanzada – grão de bico estufado, com pequenos pedaços de carne ou enchidos.
  • Huevos al estampido – carne picada misturada com batas fritas, com um ovo estrelado por cima.
  • Croquetas – croquetes de imensas variedades, como atum, frango, morcela, fiambre, porco com maçã ou cebola caramelizada.
  • Queso canário asado – queijo de cabra semi-curado assado no forno; servido simples, com mel ou com mojo picón e mojo verde.
  • Mojo picón  – molho com pimentão, alho e azeite.
  • Mojo verde – molho com alho e coentros;
  • Ropa vieja – aproveitamento de outro prato, com grão, carne de porco, frango e batatas.
  • Carne de fiesta – carne de porco ou de frango com um tempero característico, acompanhada de batatas fritas (idêntico à carne de porco à portuguesa).
  • Estofado de Cabra – estufado de cabra cozinhado lentamente.
  • Cerveza Dorada – a cerveja de Tenerife;
  • Vino tinto – os vinho da região de Tacoronte de Acentejo são premiados.
Mojo picón
Papas Arrugadas
Cerveja Dorada
Huevos al Estampido

O que visitar

Como referi no início do artigo, há várias pontos de interesse na Ilha de Tenerife. Irei escrever separadamente sobre os locais que visitámos, mas adianto-vos uma lista dos que considero incontornáveis:

  • Santa Cruz de Tenerife, a capital;
  • San Cristóbal de La Laguna, Património da Humanidade, com o interessantíssimo e interativo Museo de La Ciencia y El Cosmos, que os miúdos adoraram;
  • A vila histórica La Orotava;
  • Masca, inserida num vale lindíssimo;
  • Icod de Los Vinos e o seu dragoeiro milenar;
  • Parque Rural de Anaga, com exemplares de Floresta Laurissilva, tal como nas nossas ilhas, e muitas possibilidades de trilhos;
  • Parque Nacional del Teide, morada do magnífico El Teide, com os seus imponentes 3718 metros de altura;
  • Garachico e as suas piscinas naturais (mas há muitas outras);
  • As refrescantes praias, que são originalmente de areia preta, dada a origem vulcânica da ilha, mas que também existem com areia branca, importada de África.
Playa de Las Teresitas
Estrada de acesso a Masca
Playa de Almáciga
Museo de La Ciencia y El Cosmos

Se ficaram com alguma dúvida sobre Tenerife, não hesitem em colocar nos comentários!

Este artigo pode conter links afiliados. Ao reservarem através deles não pagam mais por isso, mas estarão a contribuir para o crescimento e atualização do blog. Se gostam dos nossos artigos, ou se já vos foram úteis, esta é a melhor forma de nos apoiarem. Obrigada desde já! ♥

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *