Quanto custa uma viagem à Madeira

Quanto custa uma viagem à Madeira

Qual o preço de uma viagem à Madeira é a questão que mais nos colocam. 

Como é de esperar, a resposta é um pouco incerta! À semelhança de qualquer destino, os custos dependem não só do tipo de viagem que querem fazer, mas também de quem a organiza e da época em que viajam. 

Se chegaram até aqui é porque provavelmente estão a tentar perceber de que orçamento precisam para esta viagem e esperam uma resposta mais concreta. 

Vamos então dar-vos uma ideia do quanto pode custar uma viagem à Madeira, que foi eleita várias vezes como o Melhor Destino Insular do Mundo nos World Travel Awards

 
Fica mais barato organizar a viagem ou comprar em agência?

Antes de mais, convém esclarecermos esta dúvida. 

Há várias agências de viagens com oferta de pacotes de voo + hotel para a Madeira. Contudo, os pacotes que vimos em agência com preços mais apelativos eram de apenas 2 ou 3 noites, o que achamos muito pouco para visitar a Madeira.

Fizemos contas e acabámos por optar pela organização da viagem de forma independente.

Portanto, para a nossa visita de 7 dias ficou-nos mais barato reservar voos e alojamento sem ser por agência. 

Comprámos os voos diretamente à companhia aérea easyJet e alugámos casa pelo Booking.com.

Preços dos voos

Os bilhetes mais baratos que vimos para a Madeira rondam os 15€ por trajeto, mas nem sempre é fácil agarrá-los. Comprar com antecedência, insistir na procura e ter flexibilidade nas datas são requisitos importantes para conseguirem bilhetes mais baratos. Requisitos esses que nós não tivemos… 

Uma vez que decidimos ir à Madeira em cima da hora, comprámos os voos com muito pouca antecedência, o que encareceu os bilhetes.

Para terem ideia do quanto gastámos: em dezembro, com cerca de 15 dias de antecedência, pagámos 90€ por pessoa pelos voos (ida e volta) com a easyJet. 

Esse preço é sem malas, ou seja, permite apenas levar uma mochila por passageiro, que caiba debaixo do assento da frente. Se quiserem levar malas têm de acrescentar 20€ (só ida) para uma mala de cabine pequena, ou 35€ (só ida) por uma mala de 23kg no porão.

Fomos os 5 e para os 7 dias levámos apenas uma mala de 23kg, portanto gastámos mais 70€ na mala.

Custo do alojamento

Há alojamentos caros e baratos na Ilha da Madeira.

Geralmente os que ficam mais afastados do Funchal são mais económicos, mas achamos que a capital é a melhor zona da ilha para ficarem. Isto se o que pretendem é percorrer a ilha toda, como nós fizemos. 

No Funchal encontram vários alojamentos simpáticos a partir de uns 60€ por noite, como podem ver aqui no Booking

Preço das Refeições

Passámos a maior parte dos dias em passeio.

Saíamos de manhã e chegávamos à noite, portanto muitas refeições foram feitas fora de casa.

Em restaurantes comemos por uma média de 35€ os 5 (2 adultos e 3 crianças), sempre sem sobremesa.

Alternámos com refeições mais em conta e mais rápidas, como um bife ou hambúrguer no bolo do caco. São ótimos, há em todo o lado e os miúdos adoram.

Para o pequeno-almoço e lanches íamos abastecendo no supermercado. 

Preço do Aluguer de Carro

Tendo em conta que achamos fundamental alugarem carro para visitar a Madeira, acrescentamos aqui esse custo.

Há transportes públicos na ilha, e podem contratar tours privados, mas para nós nada bate o conforto de andarmos apenas por nossa conta, sem horários.

Diríamos que o ideal é alugarem um carro com levantamento no aeroporto. Assim, é só chegar, levantar o carro e partir à descoberta da ilha. Sem perder tempo.

Há várias empresas no aeroporto, com preços a partir de 15€ por dia. Algumas delas: Guerin, Goldcar, Europcar

Claro que quanto maior e mais potente for o carro, mais dispendioso fica o aluguer.

O melhor conselho que vos podemos dar: não aluguem um carro demasiado grande. As estradas na Madeira são estreitas e cheias de curvas, um carro mais pequeno faz-nos todo o sentido. Não estamos a comprar um carro para a vida toda, é apenas para usarmos uns dias!

Resumindo

Os principais gastos de uma viagem à Madeira são com os voos, alojamento e refeições. 

Para economizar recomendamos:

  • voos de companhias low-cost, de preferência comprados com antecedência aconselhamos confirmar os preços em todas as companhias, porque por vezes há promoções que compensam;
  • alojamento em apartamento em vez de quarto de hotel – reservas através do booking ou airBnB;
  • refeições em restaurantes mais simples ou em casa – há muitos restaurantes típicos na Madeira com preços em conta; take-away para comerem no alojamento também pode ser uma boa opção ao jantar.

Esperamos que o artigo tenha sido útil para vos esclarecer sobre o preço de uma viagem para a Madeira.

Em breve partilharemos um artigo sobre os locais a visitar na ilha, sigam-nos no instagram para se manterem informados! 

5emfuga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.