Castelo Branco

Castelo Branco

Já não íamos a Castelo Branco há alguns anos, provavelmente desde as excursões do tempo de escola. Desta vez fomos até esta cidade da Beira Baixa em família.

Neste artigo partilhamos convosco alguns dos locais que podem visitar em Castelo Branco com crianças. 

Parque da Cidade
jardim e fonte parque da cidade castelo branco
Jardim e repuxos no Parque da cidade de Castelo Branco

Começamos pelo parque da cidade porque foi um dos locais preferidos dos miúdos.

O parque está bonito, com jardins muito cuidados e fontes com repuxos. Além disso, tem um parque infantil grande, com uma aranha e outros baloiços para várias idades, onde se divertiram imenso.

baloiços
boneco boas vindas castelo branco

Entrada livre.

Horário: 9h-23h no verão; 9h-19h no inverno. 

Tem WC e bar com esplanada.

Jardim do Paço Episcopal
buxos no jardim do paço episcopal
escadaria jardim do paço
jogo de água jardim do paço

O Jardim do Paço Episcopal é um bonito jardim barroco. Canteiros de buxos minuciosamente aparados, jogos de água e várias esculturas dão-lhe um encanto especial.

Fica mesmo em frente ao Parque da Cidade, portanto aproveitem e visitem os dois.

Entrada gratuita para crianças. Adultos pagam 2€.

Horário: 9h às 19h no verão; 9h às 17h no Inverno. Aberto todos os dias.

Tem WC.

Museu Cargaleiro
quadros museu cargaleiro

Manuel Cargaleiro é um importante pintor e ceramista portugês. Podem visitar parte da sua obra no Museu Cargaleiro. 

Este museu fica no centro da cidade de Castelo Branco e é composto por dois edifícios: um edifício contemporâneo e um solar antigo. É por este último que devem iniciar a visita/adquirir o bilhete.

Apesar de não ser um sítio muito comum para visitar com crianças, nós achamos que vale a pena levar os miúdos. Interpretam à sua maneira…

Horário: 3ª a domingo das 10h-13h e 14h-18h.

Bilhetes: 2€ adultos, 1€ seniores, gratuito para crianças e estudantes.

obras Manuel Cargaleiro
Obras de Manuel Cargaleiro
escultura papoilas de Manuel Cargaleiro
Escultura de Manuel Cargaleiro

Castelo

Pouco sobra do Castelo de Castelo Branco, ainda assim fomos visitá-lo. Dado que fica relativamente perto do Museu Cargaleiro, deixámos o carro estacionado no parque subterrâneo do museu e fomos em passeio pelas ruas até ao castelo.

castelo de castelo branco
Vista do Castelo
janela do castelo
Janela do castelo
rua da cidade
Rua do museu até ao castelo

A entrada no castelo é livre e as vistas sobre a cidade são desafogadas.

Centro Histórico de Castelo Branco
rua do centro histórico
Rua do Centro Histórico
parede de rua com pintura de cavalos
Arte urbana
portal quinhentista castanho
Portal quinhentista

A cidade de Castelo Branco merece um passeio pelas suas ruas, sobretudo no centro histórico. Visitem a Sé, o Centro de Interpretação do Bordado de Castelo Branco e deslumbrem-se com a arte urbana e os Portais Quinhentistas.

Parque do Barrocal
plataforma metálica entrada parque berrocal

Inaugurado recentemente, este parque de natureza é imperdível numa passagem por Castelo Branco, com ou sem crianças.

Vejam o nosso artigo completo sobre o Parque do Barrocal aqui.

Piscina Praia

A Piscina Praia de Castelo Branco parece-nos o local ideal para fugir ao calor que se costuma fazer sentir nesta região.

Infelizmente quando fomos a Castelo Branco estava fechada, fica para uma próxima. De qualquer das formas, deixamos a dica, caso vão nessa altura. 

Horário de  funcionamento: 9h às 19h30 , de 26 de junho a 12 de setembro.

Preço: gratuito até aos 4 anos, cerca de 3,8€ por adulto (dia todo).

Podem encontrar mais informações sobre este complexo de piscinas no site da Câmara Municipal.

Baloiço de Castelo Velho
criança sentada no baloiço de castelo velho

Já afastado do centro, mas ainda a pertencer a Castelo Branco, visitámos o Baloiço de Castelo Velho. Fica no cimo da Serra da Gardunha, na Freguesia de Louriçal do Campo, e oferece uma vista soberba sobre o planalto. 

Não somos propriamente fãs dos baloiços, mas valeu a pena por todo o percurso para lá chegar. Conseguimos sentir a verdadeira imponência da serra, entranhámo-nos no maciço granítico e no seu silêncio.  

Se tiverem interesse, vejam o nosso artigo sobre o Baloiço de Castelo Velho aqui.

5emfuga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.